Litoral Piauiense

Leitos para tratar Covid-19 são reativados em Parnaíba e atingem 90% da capacidade

As internações são majoritariamente de pessoas não vacinadas contra a Covid-19 ou vítimas da influenza.

Os leitos para tratar a Covid-19 foram reativados em Parnaíba (PI), no litoral do Estado, e já atingem 90% da capacidade de internação. A demanda, de pessoas com sintomas gripais vítimas da Influenza e da Covid-19, aumentou significativamente nesse início de ano. 

O resultado do aumento da demanda está na abertura de novos leitos com uma ocupação de 90% da capacidade de internação. Estão disponíveis, no Anexo II do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), 20 leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 35 leitos clínicos. Antes eram 10 de UTI e 20 clínicos.

  

Anexo II do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA) Reprodução

O Anexo II do HEDA é a entrada, em Parnaíba, para o tratamento de pessoas vítimas da influenza e da Covid-19. Em situações graves, as pessoas são internadas e submetidas a fazer o exame para identificar qual doença está a vitimado.

Segundo o diretor administrativo do HEDA, Daniel Miranda, as internações são majoritariamente de pessoas não vacinadas contra a Covid-19 ou vítimas da influenza.


Mais conteúdo sobre:
Covid-19Governo do PiauíHEDAParnaíbaPiauí

Dê sua opinião: