Gustavo Almeida

Amigos

Políticos de Pernambuco homenageiam Firmino Filho

Ex-colegas de turma que também entraram na política rendem homenagens a Firmino.

A morte do ex-prefeito de Teresina Firmino Filho (PSDB) repercutiu muito também fora do Piauí. Políticos de Pernambuco renderam homenagens ao gestor público piauiense que morreu na terça-feira (6), aos 57 anos. Eles enalteceram o estilo de gestão diferenciado que Firmino instituiu em suas quatro passagens pela prefeitura da capital do Piauí.

O prefeito de Recife, João Campos (PSB), usou as redes sociais para destacar o legado político de Firmino e ainda para lembrar a grande amizade que o ex-prefeito de Teresina tinha com seu pai, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, morto em 2014 em acidente aéreo. 

João Campos, prefeito de Recife (Foto: Câmara dos Deputados)

Firmino e Eduardo Campos estudaram na mesma turma do curso de Economia na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e eram amigos pessoais.

“Firmino revolucionou e colocou a educação daquela capital do Nordeste brasileiro entre as melhores do país. Certamente, eu poderia falar muito sobre o seu sucesso enquanto gestor e liderança, mas quero registrar a memória afetiva que guardo dele, um recifense de coração, alguém que teve a experiência de morar em nossa cidade. O conheci como amigo do meu pai. Estudaram Economia juntos na UFPE e cultivaram sólida relação de amizade [...] De Recife, seguirei o bom combate e terei em Firmino uma referência sobre como a gestão pública e a política podem transformar a vidas das pessoas”, escreveu João Campos.

“Nossa turma era politizada”

Ao comentar a postagem de João Campos, o economista Alexandre Alencar Arraes, ex-prefeito de Araripina, cidade do sertão de Pernambuco, disse lembrar muito de Firmino nos tempos de universidade. Para Arraes, que também é economista, o ex-prefeito de Teresina deve servir de exemplo para toda a nova geração de políticos no Brasil. Ele ainda lembrou que a turma dele, de Firmino e Eduardo Campos na UFPE era muito politizada.

Alexandre Arraes, ex-prefeito de Araripina (Foto: Fabiano Alencar)

“Foi com tristeza que recebi a notícia do falecimento precoce do amigo e ex-prefeito de Teresina Firmino Filho. Fomos colegas de faculdade, no curso e economia, na UFPE, em Recife. A nossa turma era politizada, com muitos sonhos e ideais democráticos. De lá, muitos enveredaram na política, como eu, o amigo Eduardo Campos e tantos outros. Amigo, você foi um exemplo de integridade, honradez e, principalmente, humildade. Você fez história na sua terra natal, sendo consagrado como o melhor prefeito da capital do Piauí”, escreveu.

“Prêmio Nacional Prefeito Firmino Filho”

Na quarta-feira (7), o ex-deputado federal por Pernambuco e presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, anunciou que na próxima reunião da executiva nacional do partido será colocada em pauta a criação do “Prêmio Nacional Prefeito Firmino Filho”. O prêmio será voltado para gestores públicos que cuidam com primor e de forma inovadora da educação. Em Teresina, a gestão de Firmino colocou a educação pública do município em primeiro lugar no Brasil.

Bruno Araújo, presidente nacional do PSDB (Foto: Agência Brasil)

“Firmino vai deixar sua marca perene não apenas na história de Teresina e do Piauí, mas na história do PSDB como um gestor que demonstrou como o espírito público e vida pública podem ser feitos com altíssimo grau e padrão de qualidade”, informou Bruno Araújo.

O corpo de Firmino Filho foi enterrado na tarde da quarta-feira (7). O cortejo com o caixão do político percorreu todas as zonas da capital em um carro do Corpo de Bombeiros. O clima de comoção tomou conta de toda a cidade. Firmino havia encerrado seu quarto mandato em dezembro de 2020. Além de prefeito quatro vezes, também foi vereador e deputado estadual.


Mais conteúdo sobre:
Firmino FilhoJoão CamposPrefeitura de TeresinaPSBPSDBTeresina

Dê sua opinião: