Fiscalização

Postos de combustíveis são flagrados praticando irregularidades em Teresina

O Imetro realizou uma fiscalização em 51 postos e constatou diversas irregularidades que prejudicam o consumidor.

Nesta segunda-feira (19) foi apresentado na Câmara Municipal de Teresina (CMT) o resultado de uma fiscalização realizada pelo Instituto de Metrologia do Piauí (Imepi). A ação foi realizada em 51 postos de combustíveis de Teresina e apontou diversas irregularidades.

Foto: Luís Sérgio/Lupa1

“Detectamos que os consumidores estavam recebendo a menos daquilo que estavam pagando. Também foi observada a divergência entre o display [da bomba] e a quantidade que estava sendo colocada no tanque, quando o display está marcando e cobrando, mas não cai aquela quantidade de combustível no tanque”, explicou o diretor-geral do IMEPI Maycon Danilo.

Segundo o Imepi, todas as zonas de Teresina foram fiscalizadas e a quantidade de irregularidades é preocupante. Alguns postos foram flagrados oferecendo preço menor pelo combustível, porém estavam, na verdade, subtraindo o consumidor.

Maicon Danilo / Foto: Gustavo Almeida-Lupa1

“Nos preocupou a quantidade de irregularidades descobertas pelos fiscais, lesando o consumidor e criando um problema na relação de consumo no nosso estado, principalmente em Teresina. Mas todos aqueles que praticaram irregularidades serão penalizados”, informou.

As multas para os estabelecimentos flagrados obtendo vantagem indevida contra o consumidor podem chegar a R$ 1,5 milhão.

Mais conteúdo sobre:
Câmara Municipal de TeresinaImepi

Dê sua opinião: