Lupa 1
Tony Trindade

Homenagem

Senado aprova criação de feriado nacional em homenagem à Santa Dulce do Pobres

O projeto de lei 4.028/2019, de autoria do senador Ângelo Coronel (PSD-BA), depende agora da validação da Câmara dos Deputados.

A Comissão de Educação do Senado aprovou, anteontem (22), a criação de um feriado nacional em homenagem à Santa Dulce do Pobres. A previsão é que a celebração seja em 13 de março, dia da morte da religiosa baiana em 1992. Se for mesmo criado, será o décimo feriado nacional no país.

Irmã Dulce dos Pobres / Foto: Reprodução

O projeto de lei 4.028/2019, de autoria do senador Ângelo Coronel (PSD-BA), depende agora da validação da Câmara dos Deputados e, se aprovado, segue para sanção do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido).

Para ele, é uma justa homenagem à primeira santa brasileira reconhecida oficialmente pela Igreja Católica. A canonização ocorreu no dia 13 de outubro de 2019, em cerimônia celebrada pelo Papa Francisco.

Irmã Dulce nasceu em 1914 em Salvador e morreu em 1992 na mesma cidade, tendo dedicado sua vida a ajudar os pobres e miseráveis, principalmente nas áreas de saúde e educação de crianças e jovens.

Mais conteúdo sobre:
Jair BolsonaroPapa FranciscoSenado Federal

Dê sua opinião: