Gustavo Almeida

Doses

Vai ter “jeitinho” na vacinação contra a Covid-19 no Piauí?

Secretaria de Saúde do Piauí afirma que não tem responsabilidade sobre aplicação das doses nos municípios

Com os públicos prioritários definidos para as primeiras fases da vacinação contra a Covid-19 e considerando a ansiedade geral pela vacina, uma pergunta é inevitável, principalmente aqui no Piauí. Alguns políticos e chefes de unidades de saúde darão aquele “jeitinho” para vacinar parentes e aliados que estejam fora do cronograma inicial da vacinação?

Doses já estão sendo distribuídas (Foto: Reuters)

Nas pequenas cidades do interior, onde a politicagem é mais forte, a preocupação com esse tipo de fraude sanitária é bem maior. Em alguns lugares, esse jeitinho irregular acontece, por exemplo, em outras vacinações que possuem públicos prioritários. E com a tão cobiçada vacina da Covid-19? Quem garante que também não vai haver?

O Lupa1 questionou a Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi), nesta terça-feira (19), se existe uma estratégia ou mesmo orientação da pasta para que as prefeituras evitem esse tipo de situação. A assessoria de imprensa informou que o órgão não tem responsabilidade sobre a questão e que apenas faz a entrega das vacinas para os Núcleos e Regionais de Saúde.

“Não temos ingerência sobre isso. Existe uma normativa técnica sobre vacinação que eles [gestores municipais] têm que seguir. A Sesapi não entra no mérito da questão. É responsabilidade total de quem está executando [a vacinação]. A Secretaria de Saúde do Piauí só realiza a entrega às Regionais e Núcleos”, informou a assessoria.

É preciso ficar de olho.


Mais conteúdo sobre:
Covid-19Sesapi

Dê sua opinião:

Veja Também