Política

Opinião

Pra que se expor, Renan?

Senador de Alagoas reclama de críticas que sofre, mas foi ele quem preferiu os holofotes.

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) voltou aos holofotes nacionais depois de assumir a relatoria da polêmica CPI da Pandemia no Senado Federal. Antes mesmo dele ser confirmado para o posto, a crítica em torno do seu nome começou a crescer de forma voraz. 

Renan Calheiros, senador de Alagoas (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)

Como se não bastasse a confusão gerada pela própria CPI em si, o fator Renan só contribuiu para aumentar a celeuma na capital federal. Renan já andou se queixando do porquê de tanta rejeição ao nome dele e demonstrou insatisfação pela forma como o criticam. 

É provável que a vaidade do senador alagoano tenha falado mais alto e por isso ele não tenha prestado atenção no fato de que, uma vez virando relator da CPI, seu nome viraria alvo. No quarto mandato de senador, Renan tem um histórico de escândalos e badalações que volta e meia o levam para os holofotes da imprensa e da própria classe política. 

Muitos com histórico semelhante a ele, depois de terem levado muita pancada, preferiram se recolher para, ao menos, descansar a imagem. Aécio Neves (PSDB) é um exemplo disso. Depois de tanta confusão envolvendo seu nome nos últimos anos, faz um mandato de deputado federal discreto, não se envolve em polêmicas e parece evitar ser destaque na mídia. 

Renan até que andava um pouco mais sumido desde o começo de 2019, quando viu fracassar a tentativa de voltar a ser presidente do Senado. No entanto, a relatoria da CPI e o confronto com o Palácio do Planalto o recolocaram no centro do furacão. 

Alvo de 17 inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF) e réu em ações penais, o senador não pode reclamar das críticas e ataques que sofre. Poderia ter ficado no canto dele, mas quis ser protagonista desse furdunço chamado CPI da Pandemia. Agora aguente, senhor Renan.

Mais conteúdo sobre:
CPI da CovidMDBPalácio do PlanaltoRenan CalheirosSenado FederalSTF

Dê sua opinião:

Veja Também