Denúncia

Delegado de Cocal é alvo de mais uma denúncia por abuso de autoridade e perseguição

O delegado estaria perseguindo os familiares de um investigado por agressão, cumprindo mandados a noite sozinho e chamando testemunhas para lutar.

O Delegado Renato Pinheiro, titular da Delegacia de Polícia Civil de Cocal, está sendo alvo de mais uma denúncia por abuso de autoridade e perseguição. Desta vez, contra familiares de um investigado, identificado Ednaldo Correia de Araújo, 43 anos.

  

Delegado Renato Pinheiro
Reprodução

Segundo denúncia do cunhado do acusado, Mauro Carvalho, 26 anos, o delegado estaria perseguindo os familiares de Ednaldo, acusado de agressão, cumprindo mandados a noite sozinho e chamando os parentes do suspeito para lutas corporais.

“Nesse dia, ele chegou por volta das 20h da noite perguntando por ele [Ednaldo]. Eu falei que não estava, ai ele queria invadir a casa, entrar em punho da arma. Ai eu não deixei, foi obrigado eu fechar o bar, ele ficou chamando a gente pra porrada. Depois que eu fechei o bar, ele ficou dando voltas na casa, intimidando, faz dias que ele persegue a gente aqui. Já está com umas três vezes que ele vem aqui e quer entrar dentro de casa. Ele veio sozinho, parou o carro a uma certa distancia, uns 200 metros, e veio caminhando pelo escuro”

Mauro chegou a gravar um vídeo denunciando os abusos cometidos pela autoridade policial na noite de segunda-feira (17).


Dê sua opinião: