Vinicius Vainner

Lar da Esperança pede ajuda para continuar funcionando

Além de carne, faltam outros alimentos para manter 150 pessoas que dependem do abrigo

O Lar da Esperança passa por um dos seus piores momentos. De acordo com a coordenação da casa, faltam alimentos e recursos para pagar as contas de energia e água. 

O lar que há 32 anos cuida voluntariamente de pessoas portadoras do HIV, não recebe apoio do poder público e sobrevive das doações de voluntários.

Lar da Esperança 

Mesmo com a idade avançada e alguns problemas de saúde, a fundadora do local, Graça Cordeiro, continua incansável, ajudando pacientes de Teresina e demais cidades do estado, que precisam de apoio. Parte da renda, vem de material reciclável recolhido no caminhão (doação), dirigido pela própria idosa, que todos os dias sai dirigindo na madrugada, em busca de doações.

Graça Cordeiro
Coord. Lar da Esperança

Enquanto o poder público não faz o que deveria, nós podemos ajudar! Qualquer doação vai fazer a diferença! Os contatos e conta para doações, são os seguintes: 

LAR DA ESPERANÇA
(86) 9 9822-3500 // 9 8882-4506

BANCO DO BRASIL

Agência: 5605-7

Conta: 305.061-0


Dê sua opinião: