Covid-19

Wellington Dias decreta novo lockdown no Piauí

As medidas começam a valer no período de 24 de fevereiro a 07 de março de 2021.

Nesta segunda-feira (22), o governador do Estado do Piauí, Wellington Dias (PT), assinou um decreto determinando novo lockdown no estado do Piauí.  

Ficarão suspensas as atividades econômicas presenciais não-essenciais no período de 24 de fevereiro a 07 de março de 2021, como medida excepcional voltada para o enfrentamento da grave crise de saúde pública decorrente do coronavírus.

  

Wellington Dias Divulgação

De acordo com o decreto, shoppings centers, lojas do centro, escolas e igrejas. Bares e restaurantes só poderão funcionar da forma delivery durante estes sete dias. Já as academias poderão funcionar, pois as atividades físicas foram incluídas como essenciais.

Como base para determinar essas novas medidas, o governador considerou o aumento substancial de ocupação de leitos de UTI COVID públicos nas macrorregiões de saúde do Meio Norte (84.7%), Litoral (84%) e, na macrorregião do Cerrado, elevada ocupação na região do Vale do Piauí e Itaueira (90%).

De acordo com o Governo do Estado, o documento pode sofrer alterações.

O que poderá funcionar 

I mercearias, mercadinhos, mercados, supermercados, hipermercados, padarias;

II – farmácias, drogarias, produtos sanitários e de limpeza;

III – lavanderias;

IV – postos revendedores de combustíveis, distribuidoras de gás, oficinas mecânicas e borracharias;

V – lojas de conveniência e de produtos alimentícios, situadas em rodovias e BRs, na zona rural;

VI – hotéis, com atendimento exclusivo dos hóspedes;

VII – distribuidoras (exceto de bebidas alcoólicas) e transportadoras;

VIII – serviços de segurança e vigilância;

IX – serviços de alimentação preparada e bebidas exclusivamente para sistema de delivery ou drive-thru;

X – bancos, serviços financeiros e lotéricas;

XI – serviços de telecomunicação, processamento de dados, call center e imprensa;

XII – transportes de passageiros;

XIII – hospitais e laboratórios;

XIV – prestação de serviços de atividades físicas.

Confira o decreto na íntegra:

DECRETO.docx

Mais conteúdo sobre:
Covid-19Governo do PiauíWellington Dias

Dê sua opinião: