PC-PI prende policial militar acusado de matar mototaxista

O desentendimento ocorreu devido a uma disputa pelo ponto de mototáxis

A Polícia Civil do Piauí, por meio do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva na última segunda-feira (19) em desfavor de um policial militar aposentado da reserva, por envolvimento na morte do mototaxista, Antonio de Sousa Rocha, 79 anos, ocorrida no dia 10/07/2021, na Avenida Maranhão, no centro de Teresina.

Também foi cumprindo mandado de busca e apreensão na residência do investigado, onde foram encontrados um revólver calibre .38 e uma motocicleta, ambos utilizados no crime. Segundo informações repassadas pela polícia, a vítima foi morta em razão de uma disputa pelo ponto de mototáxis.

O coordenador do DHPP afirmou que "O suspeito alega que, de um tempo para cá, a vítima começou a dizer que era dono do ponto de mototáxi e isso gerava conflito, já que o policial também foi mototaxista".

Na última quinta-feira (15), familiares e amigos do mototaxista haviam feito um protesto em frente ao DHPP pedindo justiça pela morte de Antonio e mais fiscalização da Strans.


Fonte: Polícia Civil do Piauí

Mais conteúdo sobre:
Strans

Dê sua opinião: