Gustavo Almeida

Política

Major Paulo Roberto e Evaldo Gomes voltaram a se reunir

Políticos passaram os últimos anos trocando farpas publicamente.

Desafetos políticos declarados, o ex-vereador de Teresina major Paulo Roberto e o deputado estadual Evaldo Gomes voltaram a se encontrar. Os dois passaram os últimos anos trocando farpas publicamente após Evaldo ter expulsado o major do Solidariedade. Porém, o ex-vereador aceitou conversar com Evaldo sobre uma eventual volta ao partido.

O encontro aconteceu nesta semana no gabinete do Evaldo na Assembleia. Os dois decidiram deixar momentaneamente para trás as brigas e sentaram para dialogar. 

Major Paulo Roberto, que está sem mandato desde o começo ano, teria demonstrado interesse em ser candidato a deputado federal. No entanto, fez algumas exigências que Evaldo considerou inviáveis e por isso o acerto para a volta dele ao partido acabou não acontecendo. Paulo Roberto, porém, nega com veemência essa versão.

Na charge, deputado Evaldo Gomes 'varre' major Paulo Roberto do Solidariedade (Charge: Izânio)

É justamente no gabinete de Evaldo onde está exposta uma charge provocativa em que o deputado Evaldo Gomes aparece expulsando e varrendo major do Solidariedade. 

MAJOR DIZ QUE FOI CONVIDADO A IR
Em contato com Lupa1, major Paulo Roberto garante que foi Evaldo Gomes quem o procurou através de terceiros. Ele conta que o deputado vinha tentando conversar com ele há mais de seis meses e que nesse período resistiu em se encontrar com Evaldo.

No entanto, disse que foi convencido pelo ex-vereador Urbano Eulálio a sentar com Evaldo. Segundo Paulo Roberto, o parlamentar estadual é quem queria que ele disputasse uma vaga de deputado federal e mostrou números para tentar convencê-lo da viabilidade da chapa proporcional do Solidariedade.

Mesmo com a tentativa de convencimento, o major diz não ter aceitado por entender que Evaldo quer apenas fazer os outros de escada para tentar eleger a filha Fernanda Gomes para a Câmara Federal. Além disso, o major avalia que a chapa do Solidariedade não vai conseguir eleger nenhum deputado federal em 2022.

O ex-vereador demonstrou insatisfação com a informação inicial divulgada no Lupa1 que afirmava que foi ele quem procurou Evaldo. No contato com a reportagem, o major deixou bem claro que sua animosidade com o deputado continua e que esse episódio parece ter feito aumentá-la ainda mais. Ele chegou a usar termos de baixo calão para se referir a Evaldo.

Mais conteúdo sobre:
Evaldo GomesMajor Paulo RobertoSolidariedade

Dê sua opinião: