Gustavo Almeida

Júlio Arcoverde dá prazo para deputados do Progressistas decidirem se deixam o governo

Presidente regional do partido diz que parlamentares terão que decididir com quem irão ficar.

O deputado estadual e presidente regional do Progressistas, Júlio Arcoverde, disse nesta segunda-feira (11) que até junho o partido deve reunir todos os deputados para organizar a estratégia para 2022. 

Segundo ele, os parlamentares do partido que ainda permanecem no governo terão que decidir se acompanham Ciro Nogueira na oposição ou se ficam com o governador Wellington Dias (PT).


Imagem : Gustavo Almeida/GP1

Júlio sentenciou que se ficarem com Wellington, devem sair do partido. Ele lembrou que isso gera expulsão em período eleitoral.

"Eu acho que até junho a gente tem que sentar para organizar nosso time para 2022, porque a eleição a cada amanhecer se torna mais perto. O próprio parlamentar tem que tomar a decisão. Se não vai ficar com a gente ele vai ter que ficar do outro lado. Como podem ficar no nosso partido? Nós vamos ter um candidato a governador contra esse esquema do governo. Como alguém pode ficar num partido e apoiar outro candidato? Seria caso até de expulsão no período eleitoral",falou.

Atualmente, os deputados Hélio Isaías, Margarete Coelho, Firmino Paulo e Wilson Brandão comandam secretarias e/ou mantêm indicações no governo de Wellington Dias.

Mais conteúdo sobre:
Ciro NogueiraJúlio ArcoverdeMargarete CoelhoWellington DiasWilson Brandão

Dê sua opinião: