Gustavo Almeida

Política

João Vicente Claudino e a lenda urbana

Ex-senador rechaça fama de inconstante e diz que só se propôs a concorrer duas vezes.

No campo político, o ex-senador João Vicente Claudino (PTB) ganhou fama de criar expectativas que não se confirmam. Uma hora dá a entender que vai ser candidato, outra hora mostra que não. Essa inconstância de JVC é conhecida entre os políticos.

João Vicente Claudino, do PTB (Foto: Gustavo Almeida/Lupa1)

Porém, ao ser questionado sobre o tema, o ex-senador disse que essa fama não passa de uma lenda urbana. Segundo ele, em toda eleição as pessoas saem por aí dizendo que ele vai ser candidato e quando chega a eleição e não é, dizem que ele desistiu.

“É uma lenda urbana. E por que eu digo isso? Porque até agora eu me propus a ser candidato em apenas duas eleições, que foi 2006, quando fui candidato a senador, e 2010 quando fui candidato a governador. Disse que era candidato e fui. Em 2014 eu me lancei para manter o partido motivado, mesmo já sabendo internamente que não iria disputar. Eu já tinha o projeto de lançar um outro nome. E assim fiz. Mas colocam meu nome pra tudo. Se há eleição anual se coloca [que sou candidato]. Ano passado, para prefeito de Teresina e com a morte do meu pai, meu nome foi ventilado e eu nunca tratei disso. Não há uma entrevista minha dizendo que seria candidato. Mas aí se lança o João Vicente e depois dizem que o João Vicente desistiu”, falou.

Apesar de rechaçar a fama de inconstante, JVC celebra o fato de pelo menos ter o nome sempre lembrado. Na avaliação dele, isso mostra que não está ultrapassado na política.

“Eu acho isso muito bom, pois mostra que eu não sou um ex-político. O ex-político é aquele político que não tem mais perspectivas nenhuma de disputa eleitoral. Então, se colocam meu nome em toda disputa, mesmo eu não desejando, é isso é bom. Pelo menos eu fico feliz pela lembrança sempre”, concluiu o ex-senador.

Mais conteúdo sobre:
João Vicente ClaudinoPiauíPTBTeresina

Dê sua opinião: