Lupa 1

Audiência Pública

Ministro diz que governo não pode interferir nos preços da Petrobras

A declaração foi dada em audiência pública conjunta das comissões de Fiscalização Financeira e Controle.

Após a renúncia de José Mauro Coelho, presidente da Petrobras, o ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, disse nesta terça-feira (21) que não é possível interferir no preço dos combustíveis da estatal.

A declaração foi dada em audiência pública conjunta das comissões de Fiscalização Financeira e Controle; de Finanças e Tributação; de Minas e Energia; e de Viação e Transporte da Câmara dos Deputados.  

Durante sua exposição inicial, Sachsida ressaltou que os preços praticados são uma decisão da empresa.

“Não está no controle do governo. E, honestamente, preço é uma decisão da empresa, não do governo. Além disso, nós temos marcos legais que impedem a intervenção do governo numa empresa, mesmo o governo sendo acionista majoritário”, disse.

Fonte: Agência Brasil

Mais conteúdo sobre:
Lupa1

Dê sua opinião: