Política

Crítica

Governo do Piauí: Petista diz que recebeu órgão sucateado de outro petista

Diretor-geral do Emater fala que assumiu órgão sucateado em 2019.

O diretor-geral do Emater, Francisco Guedes (PT), afirmou nesta terça-feira (9) que recebeu o órgão totalmente sucateado. Porém, ele assumiu a direção do Emater em 2019.

Francisco Guedes Alcoforado Filho, diretor-geral do Emater (Foto: Gustavo Almeida/Lupa1)

O que chama atenção na fala de Guedes é o fato de que o governador Wellington Dias (PT) está no governo desde 2015, quando iniciou seu terceiro mandato no Karnak.

Antes de Guedes, outro petista estava no comando do Emater. Seu antecessor foi o jovem Marcos Vinicius, filho do deputado estadual Cícero Magalhães (PT).

Perguntado sobre quem sucateou o Emater, Francisco Guedes evitou citar nomes. O petista garante que está reestruturando o órgão desde que assumiu seu comando em 2019.

Em resumo, a declaração aponta que o Emater passou quase cinco anos de sucateamento já no governo de Wellington Dias e sob o comando do filho do deputado petista Cícero Magalhães.

Mais conteúdo sobre:
EmaterPiauíPTWellington Dias

Dê sua opinião:

Veja Também