Eleições 2020

2,4 milhões de eleitores estão aptos a votarem no Piauí

Em Teresina, mais de 558 mil eleitores estão aptos para votar.

Neste domingo (15), terá inicio o 1º turno das eleições municipais , onde moradores de cada cidade do Brasil terão a possibilidade de ir às urnas votar para os cargos de vereador e prefeito. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mais de 558 mil eleitores estão aptos para votar em Teresina.

Em todo o Piauí, mais de 2,4 milhões de habitantes estão aptos para votarem nas eleições municipais deste ano. A capital possui o maior colégio eleitoral, no qual é baseado em 558.661 eleitores. O menor eleitorado trata-se do município de Miguel Leão, com somente 1.586 pessoas aptas a votarem.

Suspensão da biometria

Esse ano, o eleitor deverá levar a própria caneta no dia de votação. O foco é evitar ao máximo o compartilhamento de itens e, com isso, reduzir o risco de contaminação com o novo coronavírus. Para quem esquecer de levar a sua, canetas devidamente esterilizadas estarão disponíveis.  

Em julho deste ano, o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, decidiu pela exclusão da necessidade de identificação biométrica no dia da votação nas eleições, pois o tribunal vai seguir a recomendação de médicos infectologistas que prestaram consultoria sanitária para as eleições.

De acordo com o parecer técnico, a biometria poderia aumentar a possibilidade de infecção pela da Covid-19, já que haveria a possibilidade de realizar a sanitização do leitor da urna eletrônica com frequência.

Horários

Nas votações deste ano, o horário foi estendido por causa da pandemia da Covid-19. Com o intuito de evitar aglomerações, a Justiça Eleitoral determinou que neste domingo o eleitor poderá comparecer às urnas de 7h às 17h.

De acordo com o TSE, acompanhantes ou outros eleitores com idade inferior a 60 anos que chegarem ao local para votar nesse período preferencial, não serão impedidos, mas deverão aguardar no final da fila ou na fila separada, respeitando a preferência dos maiores de 60 anos. 

Mais conteúdo sobre:
Eleições 2020TSE

Dê sua opinião:

Veja Também