PRO-Piauí

Procurador instaura inquérito contra Wellington Dias e Rafael Fonteles por abuso de poder

A portaria é do dia 5 de novembro e foi assinada pelo procurador regional eleitoral, Marco Túlio Caminha.

A Procuradoria Regional Eleitoral instaurou um inquérito contra o governador Wellington Dias (PT) e o secretário estadual de fazenda, Rafael Fonteles por abuso de poder político e econômico. A portaria é do dia 5 de novembro e foi assinada pelo procurador regional eleitoral, Marco Túlio Caminha.

  

Wellington Dias e Rafael Fonteles Thiago Rodrigues/Lupa1
   

A investigação tem como alvo o Pro-Piauí, programa que prevê investimento de R$ 4 bilhões em obras nos 224 municípios, e que é coordenado por Rafael Fonteles. O secretário garante que as obras seguem a legislação vigente e cumprem um cronograma dentro da normalidade, atribuindo a denúncia à oposição. 

“O papel da oposição é denunciar e a do governo é trabalhar. Faz parte do Ministério Público fazer a devida investigação da denúncia e tudo, obviamente, será esclarecido. Temos a total tranquilidade que o governo do estado, governador e seu secretariado está fazendo apenas o que o povo determinou e dentro da normalidade”, afirmou o secretário da Fazenda, Rafael Fonteles. 

O secretário afirmou ainda está aberto para esclarecimentos.

Mais conteúdo sobre:
PTRafael FontelesWellington Dias

Dê sua opinião: