Lupa 1
Vinicius Vainner

Preço do diesel revolta transportadores

Caminhoneiros e transportadores de cargas de todo país, não estão satisfeitos com o novo reajuste do diesel, anunciado recentemente pela Petrobras.  O reajuste de 8,8% estaria provocando demissão em massa e fazendo muitos caminhoneiros desistir da profissão. O litro do combustível, antes vendido a R$ 4,51, passou a custar R$ 4,91, representando um aumento de 40 centavos para as distribuidoras.


Segundo a categoria, isso vem deixando inviável o transporte no Piauí e em quase todo o Brasil. O Sindicato dos Transportadores de Cargas e Logística do Piauí, que representa a categoria no estado, afirma que terá que diminuir a jornada de trabalho, ou até mesmo parar a frota.

Humberto Lopes / Prés. SINDICAPI 
De acordo com o Presidente do SINDICAPI, Humberto Lopes, os estados estão conversando para possivelmente reagir e tomar uma atitude mais drástica. A possibilidade de uma paralisação geral, vem sendo discutida entre a categoria, disse Lopes. 

Mais conteúdo sobre:
Lupa1PetrobrasPiauíSindicapiTeresina

Dê sua opinião: