Piauí

Mulheres são presas acusadas de tentar extorquir autoridade pública do Estado

O delegado disse que a suspeita tentou extorquir o homem pedindo a quantia de R$1.500 para não divulgar conversas.

Duas mulheres foram presas na tarde dessa segunda-feira (20) por suspeita de praticar crime de extorsão contra uma autoridade pública do Estado do Piauí.

A prisão das suspeitas ocorreu em uma residência do bairro Parque Poti, na zona Norte de Teresina, pelo 13ª Delegacia de Polícia Civil. De acordo com o delegado Odilo Sena, o caso está sendo investigado desde a última quarta-feira (15), quando a vítima procurou a polícia e informou o caso.

O delegado disse que a suspeita, identificada apenas como Keyliane, tentou extorquir o homem, pedindo a quantia de R$1.500 para não divulgar conversas íntimas da vítima.

“Quando ele procurou a polícia tomamos a frente nas negociações, falando com ela como se fosse ele, e inicialmente ela pediu o valor de R$ 1.500. Como ela não sabia que se tratava de uma autoridade pública no estado ela pediu esse valor que no meu conhecimento é baixo. Começamos a articular, tentando baixar preço e enquanto isso tentamos descobrir a propriedade do telefone e de onde vinham as mensagens, foi quando preparamos a operação e invadimos a residência. Duas pessoas conseguiram fugir”, declarou o delegado.

Odilo Sena explicou também que após a operação, uma das mulheres foi liberada, por não haver provas de envolvimento no crime. O delegado informou que a Polícia Civil está investigando o celular da presa para averiguar se ela aplicou o mesmo golpe em outras vítimas.

Confira mais informações sobre o caso:


Mais conteúdo sobre:
Polícia Civil

Dê sua opinião: