Wagner Coelho é acusado de agredir mulher após ser flagrado pedindo voto em escola de Uruçuí

A professora que afirmou ter sofrido agressões verbais denunciou o caso ao Ministério Público Eleitoral.

O candidato a prefeito de Uruçuí, Dr Wagner (PP), agrediu verbalmente uma eleitora após ser flagrado em uma fila da Unidade Escolar Cícero Coelho, pedindo voto, o que é proibido pela lei eleitoral. 

De acordo com Valdelice Saraiva, ela estava trabalhando como fiscal da coligação “Amor e Força para Frente. Sensibilidade para cuidar de gente”, por volta das 11h, quando ouviu o candidato pedindo para os eleitores votarem nele.


“Quando vi o atual prefeito Dr. Wagner na fila pedindo para as pessoas travarem no 11, eu me dirigi a ele e pedi para que não fizesse aquilo, pois aquela atitude não era correta e ele mandou que eu fosse tomar no cu. Todos que estavam na fila viram a atitude desse gestor”, desabafou Valdelice.

A fiscal denunciou o caso ao Ministério Público Eleitoral.

Mais conteúdo sobre:
Eleições 2020Wagner Coelho

Dê sua opinião:

Veja Também