Tony Trindade

É nos municípios que o povo vive

Eleições para escolha do novo presidente da Associação Piauiense de Municípios acontece nesta sexta-feira (08).

Nesta sexta-feira (08) será conhecido o novo presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM), instituição fundada em 1979. Já são mais de 40 anos de existência. Dois nomes disputam o posto: Toninho de Caridade (PSD), prefeito da pequena Caridade do Piauí, e Paulo César (Progressistas), prefeito de Francinópolis. 

 Toninho Caridade (PSD) e Paulo César (Progressistas)

O primeiro conta com apoio do Governo do Estado, enquanto o segundo é o candidato do senador Ciro Nogueira. Independentemente de quem vencer a disputa, é importante que se tenha um presidente comprometido verdadeiramente com a causa municipalista. 

A maioria dos prefeitos no Piauí vive de pires de mão, com as prefeituras escapando basicamente de repasses constitucionais, mais precisamente do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). É bem verdade que, ainda assim, tem muito prefeito ladrão que rouba o dinheiro público, mas isso não quer dizer que sobre dinheiro nas prefeituras. 

Pelo contrário, os municípios que não possuem fontes de arrecadação vivem com escassos recursos. Fortalecer as prefeituras é uma necessidade urgente no Brasil. É nos municípios onde o povo vive. Quando o cidadão adoece, é no posto de saúde da prefeitura que ele vai primeiro. A distribuição de recursos é muito desigual entre os entes da Federação. 

O Governo Federal fica com a grandiosa maioria dos recursos, os estados vêm logo em seguida e a fatia destinada aos municípios brasileiros, lá onde as pessoas estão, é muito menor. Daí a constante reclamação dos gestores municipais. Portanto, é necessário que haja mais atenção com os interesses dos municípios e se cobre mais recursos para que as prefeituras das cidades pequenas não vivam apenas para pagar folha salarial. Que elas possam ter condições de, também, fazer mais obras, ampliar estruturas de saúde e educação, melhorar infraestrutura urbana e ofertar melhores serviços aos seus munícipes. A imprensa não deve alisar o couro de nenhum gestor público, mas devemos reconhecer que o “chororô” constante dos prefeitos das cidades pequenas por mais recursos é válido.

Mais conteúdo sobre:
APPM

Dê sua opinião:

Veja Também