Polícia

​MPPI denuncia acusado de matar ex-esposa e adolescente em Altos

Acusado ainda foi denunciado por tentativa de feminicídio contra a irmã e a mãe da ex-mulher.

17 de maio de 2024 às 19:36
3 min de leitura

O Ministério Público do Piauí (MP-PI), por meio da 1ª Promotoria de Altos, ofereceu denúncia contra Marcos Fortes de Sousa, acusado de matar a ex-esposa, Helioene de Andrade Pinheiro, e o filho dela, Henrique de Andrade Pereira, de 13 anos, em 03 de maio deste ano, no município de Altos.

Acusado de matar a ex-mulher - Foto: Reprodução

Marcos Fortes também foi denunciado por tentativa de feminicídio contra a mãe da ex-mulher, Maria do Desterro Mota Pinheiro, de 84 anos, e Joana de Andrade Pinheiro, de 57 anos, irmã de Helioene.

De acordo com a denúncia, o acusado foi até a casa da ex-mulher, em posse de uma arma de fogo, punhal e uma garrafa com gasolina, com o objetivo de ceifar a vida de todos que estavam na residência, por não aceitar o fim do relacionamento.

Ainda segundo a denúncia, Marcos teria invadido o local, ido diretamente para o quarto onde estava Helione e derramado gasolina sobre ela. Em seguida, ele desferiu vários golpes de faca contra ela. O acusado ainda teria arrastando a vítima pelo chão e atirando contra o corpo da ex-mulher.

De acordo com as vítimas que estavam no local, o acusado também espalhou gasolina pela casa e ateou fogo no local. As testemunhas relataram que o filho de Helioene, Flávio Henrique de Andrade Pereira, tentou segurar e derrubar Marcos para proteger a mãe, mas as chamas consumiram rapidamente o local.

Flávio Henrique, chegou a ser socorrido, mas morreu no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) após 7 dias internado. O adolescente teve90% (noventa por cento) do corpo queimado, com queimaduras de segundo e terceiro graus.

Menino que teve corpo queimado - Foto: Reprodução

Maria do Desterro teve 45% do corpo queimado e Joana Andrade 30%. Ambas continuam internadas em Teresina.

Após o crime, Marcos Fortes tentou tirar a própria um golpe de punhal na garganta Ele foi socorrido e também está internado no HUT. Em caso de alta, ele deve ser encaminhado para uma penitência.

Diante dos fatos, oPromotor de Justiça Mario Alexandre Costa Normando requereu a citação do denunciado, para que responda aos termos da denúncia e, provados os fatos, seja submetido à sessão plenária do júri.Além disso, o MPPI também pediu uma indenização por danos causados às vítimas.

Saiba mais:

Filho de mulher assassinada por ex-companheiro morre após 7 dias internado no HUT

Mãe e irmã de mulher morta pelo ex em Altos tiveram 40% do corpo queimado

Homem que matou ex-mulher e incendiou casa em Altos é indiciado por 5 crimes

VÍDEO: Homem se joga contra veículos em movimento após matar ex-esposa no Piauí

Siga nas redes sociais

Veja também

Dê sua opinião

Canal LupaTV

Veja todas