Zona norte

Wellington Dias e Dr. Pessoa visitam áreas atingidas por enchentes em Teresina

O governador do Piauí, acompanhado pelo prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, visitaram a zona norte, região mais afetada pelas fortes chuvas na capital.

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT) e o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB), visitaram na manhã desta sexta-feira (7), as áreas mais afetadas pelas chuvas intensas que atingiram a capital nos últimos dias. Os políticos também visitaram as famílias alojadas nos abrigos da zona Norte, região mais afetada por alagamentos. 

  

Governador Wellington Dias (PT) e prefeito de Teresina Dr. Pessoa (MDB).
ASCOM/PMT

 Na ocasião, o gestor municipal enfatizou que o intuito da agenda é mostrar de perto ao governador a situação de emergência pela qual a cidade está passando neste momento, por conta das fortes chuvas e do aumento no nível dos rios e lagoas, e alinhar ações assistenciais em parceria entre o estado e o município. ''As comunidades vulneráveis precisam de lençóis, alimentação, abrigo e casas acolhedoras, por exemplo. O governo tem a sua programação estadual e vai discutir conosco o que podemos fazer juntos”, afirmou Dr. Pessoa.

Além da visita às áreas críticas para alagamentos na região que estão sendo monitoradas pela Defesa Civil Municipal, a comitiva visitou alguns abrigos improvisados, como o instalado na Escola Municipal Antônio Dilson Fernandes, na Vila Apolônia, onde atualmente estão alojadas seis famílias.

O governador Wellington Dias destacou a importância do programa Aluguel Solidário, iniciativa da Prefeitura de Teresina, que permite às pessoas em situação de vulnerabilidade ficar abrigadas na casa de parentes ou alugadas por meio de um benefício social de R$ 300. 

Ao término da visita, a Secretaria Estadual da Assistência Social (SASC-PI) anunciou que, além dos suprimentos já distribuídos diretamente às famílias abrigadas temporariamente nos alojamentos da capital, fará o pagamento das parcelas do co-financiamento social vencidas e antecipação de parcelas referentes ao ano de 2022. De acordo com a prefeitura, a liberação desses recursos tem como objetivo amenizar os danos causados as famílias afetadas pelas enchentes. 

Mais de mil desabrigados

O número de famílias desabrigadas em decorrência das fortes chuvas que atingem Teresina subiu para 424, chegando a cerca de 1300 pessoas desabrigadas. De acordo com o secretário de Defesa Civil, Carlos Ribeiro, cerca de 95% dos desabrigados estão localizados na zona Norte de Teresina, região mais afetada por alagamentos. Segundo a Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (Saad) Norte, 348 famílias dos bairros Mafrense, Vila Apolônia, Poti Velho e Residencial Lindalma Soares foram afetadas. 

Veja mais sobre o assunto:


Dê sua opinião: