Vinicius Vainner

Caminhoneiros seguem sem greve

No Piauí, continua descartada a possibilidade de paralisação.

A ameaça de uma nova paralisação dos caminhoneiros no país foi um dos principais assuntos e medos dos brasileiros nessa segunda-feira (01). Um pequeno movimento que começou em São Paulo e se repercutiu em todos os estados, se estendeu pelas redes sociais e logo trouxe um clima de novos problemas pela frente. 

Segundo os sindicatos que representam a categoria, a manifestação foi um ato isolado e sem apoio da Associação Nacional de Transportadores. A informação foi confirmada no Piauí, pelo presidente do Sindicato dos Transportadores de Cargas e Logística do estado (SINDICAPI), Humberto Lopes, que afirmou não existir a menor possibilidade da categoria cruzar os braços.

  

Humberto Lopes - Pres. SINDICAPI

Vários trabalhadores estão parados por falta de matéria prima nas grandes empresas. O problema provocado pela pandemia, deve ser resolvido nos próximos meses com a vacinação em massa e consequentemente, a volta ao trabalho da maioria dos transportadores, afirmou Lopes.


Dê sua opinião:

Veja Também